fazer-uma-videoaula-eficaz

Aulas online estão em constante crescimento, desde o ensino regular aos cursos livres, são uma realidade no dia a dia das pessoas. Contudo, um dos itens mais importantes e, talvez, o mais difícil é a escolha do modelo de apresentação, seja no formato de vídeo, apostila eletrônica, webinar, apenas um e-book ou pdf.

Com o intuito de ajudar na escolha, hoje vamos abordar o tema: Como fazer uma videoaula. Entenda como funcionam os recursos necessários, o custo x benefício e vejas as dicas para identificar qual é o formato ideal para seu projeto.

De modo geral, as videoaulas consistem na gravação e distribuição em vídeo de conteúdo educativo. Seja para comercialização ou como material de apoio (tutoriais). Desenvolver este produto digital requer algumas habilidades e um investimento, mas o objetivo final é mostrar um material atraente e cativar uma boa audiência.

1 – Planeje o conteúdo de acordo com o formato.

Muitas vezes o professor pode ser excelente, mas isso não quer dizer que seja didático na hora de gravar uma vídeoaula, por este motivo, o professor deverá rever seu conteúdo e criar um plano de aula com a periodicidade de publicação, número de módulos e aulas, o tempo que cada uma deve ter para não se tornar cansativa. Neste caso recomendamos de 20 a 30 minutos, não mais que isso.

Não esqueça também da linguagem que vai utilizar, leve em consideração o público que vai atingir, não adianta, por exemplo, falar de maneira muito rebuscada a um público mais jovem. Eles perderiam a atenção e interesse no seu material. Todo cuidado é pouco!

Outro ponto, ainda no conteúdo, é a criação de pautas ou roteiro. O primeiro é apenas um checklist dos tópicos abordados na aula, o segundo já é um script que deverá ser lido ou decorado. A dica aqui é sempre ser o mais natural possível, sendo a pauta mais recomendada.

2 – Habilidades do apresentador.

A desenvoltura, oratória e a empatia com o seu público são fundamentais neste quesito, se não for o seu caso, recomendamos a terceirização desta parte. Articulação, desinibição e um aspecto mais teatral podem fazer a diferença na hora da apresentação da videoaula.

A expressão corporal, o gesticular, excessos no sotaque, podem ser decisivos para a publicação ou reprovação do seu material. Por isso recomendamos fazer testes de gravação para entender aonde estão estes exageros ou pequena falhas e retificá-las, para o sucesso do seu projeto.

Montagem de um Cenário.

Diferente de um filme ou novela, a sua videoaula vai pedir apenas um ambiente que comunique o que você proporciona, por exemplo, se tratar de assuntos de estudo, um fundo com estante e livros, serão bem vistos; por outro lado, se falar de gastronomia, a sua cozinha será o ambiente ideal, é preciso que seu cenário esteja adequado às necessidades da sua videoaula.

Outra dica é ter poucos itens e um fundo bem iluminado, se preferir poderá compartilhar telas (screencasts) ou ainda deixar como fundo apenas uma apresentação. Isso ficará a seu critério. Mas entenda que a atenção deverá ficar focada no seu conteúdo e não no cenário ou outros objetos.

O assets também são recursos interessantes para nutrir a sua aula, eles podem ser animações, ícones, boxs de retratos com sons que podem deixar sua videoaula mais divertida.

3 – Padrão de gravação.

Assim como o visual de um site ou diagramação de um livro, as videoaulas também devem ter um padrão para fidelizar seu público, perpetuar sua marca e conteúdo. Para isso coloque vinhetas padronizadas, marcadores e afins. Da mesma maneira cuide do estilo de gravação, seja ao ar livre, no estúdio, na sua escola, sua casa, etc. Leve isso em consideração principalmente quando for uma série de vários vídeos sobre o mesmo assunto.

4 – Áudio impecável.

Uma das tarefas mais difíceis, principalmente se você está utilizando recursos caseiros, é acertar no som. Um aluno até assiste uma aula cuja imagem não seja boa, mas se o áudio for ruim ele não suporta nem 30 segundos.

Se possível, crie um perfil de gravação, procure fazer um tratamento digital, a fim de retirar ecos, estabilizar volume e voz. Use um microfone de voz ou um headset de boa qualidade, isso reduz ruídos e interferências externas.

Dica de ouro: Nunca publique vídeos ou tutoriais sem áudio. Faça sempre o seu melhor, afinal você quer ser profissional, não é?

5 – Vídeos devem ser diretos e dinâmicos.

Não existe nada mais entediante do que um vídeo com firulas e historinhas ou, ainda, aquele suspense do tipo: “Hoje eu vou te contar os segredos de…” e ficar dando voltas e sair do objetivo ou foco da aula. Se for o caso, edite seu vídeo e corte essas partes, seja direto.

No caso das aulas de programação, quando precisar digitar códigos, fique em silêncio e corte esta parte na edição, embora seu vídeo fique menor, com certeza o seu aluno fará tudo em tempo maior, assim dará a impressão que suas aulas são altamente produtivas, diretas e dinâmicas.

Ainda neste tópico, tente sempre gravar em câmeras de alta resolução, ambiente bem iluminado, se for o caso, com ajuda de rebatedores ou utilizando a luz do dia. E sempre separe, para vídeos editados, o som da filmagem. Para isso utilize algum sinal sonoro ou uma claquete indicando o começo e fim do tempo filmagem/gravação de som.

6 – Editores de áudio e vídeo.

Para quem tem pouca experiência sugerimos o Windows Movie Maker, um dos mais populares, ou o VideoPad Vídeo Editor. O Camtasia é uma versão intermediária bem interessante, já o Sony Vegas, Premiere ou até o After Effects da Adobe são mais profissionais pedindo um conhecimento mais amplo. No caso de audição do som indicamos o Audacity para iniciantes ou o Audition da Adobe, para os mais avançados.

O ideal aqui é ter um editor que tenha os conhecimentos de áudio e vídeo e que possa incluir assets para suas filmagens, agora se o seu orçamento é limitado, as opções acima vão muito bem.

Aconselhamos, no caso de dúvidas nessas ferramentas, pesquisar tutoriais na internet, em especial no youtube.

7 – Utilizar um bom canal para divulgação do seu projeto.

Uma vez finalizado o projeto, agora você precisa difundi-lo e vendê-lo, para isso, o Facíleme Cursos chega na medida certa com a plataforma ideal e no preço justo para você criar o seu projeto e a sua loja no Facebook ou na web. Comece hoje seus vídeos e monte sua loja. Com certeza será um sucesso.

Dúvidas ainda? Entre em contato conosco, e-mail: atendimento@facileme.com.br , telefone 11-5531-1779 ou pelo Skype wv_facileme

Ficamos à sua disposição. Não perca tempo e dinheiro. Faça seu projeto agora!

 

[button font_size=”20″ color=”#142d6b” text_color=”#ffffff” icon=”” url=”https://app.facilemecursos.com.br/instalar/” width=”200″ target=”_blank”]Fazer seu curso já![/button]

 

Não há comentários até o momento